Fale conosco

Com o mercado online crescendo de forma acelerada, torna-se cada vez mais importante investir em tráfego pago. A ação é indispensável para qualquer e-commerce, afinal, de nada vale ter um ótimo site com produtos de qualidade se eles não forem vistos.

Através de estratégias bem aplicadas, o tráfego aumenta o fluxo de usuários do seu site, alcança o público que realmente têm interesse na marca e, como consequência, esse fluxo qualificado é convertido em vendas, aumentando o faturamento.

Diante dessa alta procura, a Black Friday é um momento vantajoso para investir em tráfego, e, para te ajudar com o assunto, nosso CEO, Samuel Cerrato, compartilhou estratégias que vão ajudar a aumentar o faturamento da sua empresa durante a data.

Aproveite a oportunidade!

Você sabia que 91% dos brasileiros têm a intenção de fazer compras na Black Friday em 2021

De acordo com dados de conteúdo Black Friday 2020 Compre&Confie, comparado com 2019, o ano de 2020 apresentou 31% de crescimento de faturamento na última Black Friday. Para 2021, a previsão é que o progresso continue, por isso, o investimento em tráfego é uma ótima oportunidade para dar visibilidade aos e-commerces e aumentar o número de vendas. 

Ao todo, 34% das pessoas que vão comprar na Black Friday são novos clientes, ou seja, a cada 300 vendas, 100 pedidos serão de novos clientes. Além disso, 78% deste público voltará a comprar na loja após o primeiro pedido: dos 100 novos clientes conquistados, 78 irão comprar algo novamente.

Sendo assim, os e-commerces estão diante de uma grande oportunidade para aumentar o faturamento e ter uma Black Friday de sucesso. Porém, isso só acontece com aqueles que estão dispostos a entender que a data não é feita apenas de descontos, investimento em tráfego e queima de estoque de coleções passadas.

Princípios que você deve seguir na Black Friday

Em primeiro lugar,  é necessário realizar um planejamento:

  • Pense em tudo que você vai fazer durante a data;
  • Seja criativo, tenha ideias fora da caixa e faça diferente dos seus concorrentes;
  • Estipule o prazo que as ofertas estarão disponíveis (a recomendação do Google é fazer ofertas desde o dia 1 de novembro);
  • Analise o investimento que você fará em tráfego.

Após feito isso, será necessário entender que existem diferentes mídias disponíveis na internet: quanto mais canais sua empresa estiver presente, melhor será, já que esses tipos de ações também geram tráfego.

  • Diversifique o seu investimento em tráfego: Facebook Ads, Google Ads, Pinterest Ads, Tik Tok Ads…;
  • Os custos publicitários se multiplicam na Black Friday, por isso, é muito importante procurar canais alternativos para gerar uma maior difusão;
  • Trabalhe diferentes públicos, para trazer o maior volume de usuários ao site;
  • Públicos que você não pode esquecer de trabalhar: quem já visitou seu site, adicionou produtos no carrinho ou já é seu cliente;
  • Para gerar novos clientes, não esqueça dos públicos frios;
  • Diversifique sua estratégia de ações.

Por último, é hora de revisar:

  • Revise e fique atento a tudo que acontece no seu site;
  • Analise o desempenho de cada ação: produtos mais vendidos, categorias mais acessadas, produtos mais pesquisados, etc.;
  • Aumente o investimento quando perceber que um público ou anúncio está tendo um desempenho acima da média;
  • Fique de olho no faturamento para poder fazer ajustes rápidos;
  • Acompanhe o trabalho do seus concorrentes.

Lembre-se que os criativos são fundamentais!

A Black Friday não é momento de testar novos criativos, mas, sim, de usar o que já funciona no tráfego pago da sua marca. Outro ponto é que o investimento e os custos aumentam durante esse período, por isso, é necessário que as artes dos anúncios gerem o maior CTR (Taxa de Cliques) possível!

  • Apresente gatilhos já na imagem do anúncio: “Até 60% de desconto…”, “Unidades limitadas”, “Últimas unidades”…;
  • Diversifique os criativos e aproveite as características de cada plataforma: vídeos, carrossel, anúncios dinâmicos, imagem única e mais.
  • Programe o material com, pelo menos, 24 horas de antecedência (Facebook e outras plataformas podem demorar mais de um dia para aprovar seu anúncio).

Para finalizar, não esqueça da Landing Page!

Que tal criar uma landing page (LP) especial para a Black Friday? Em casos assim, a Landing Page é a primeira experiência que o usuário tem com o site, tornando-a tão importante quanto o criativo. Ela pode tanto fazer com que o usuário fique no site, como também que ele vá embora só de bater o olho. 

Siga as seguintes recomendações:

  • É importante que o usuário veja produtos com maior % de desconto na primeira tela;
  • Evite mostrar produtos com uma grade de tamanho/cores escassa;
  • É sempre melhor criar uma página para a BF, com informações extra e gatilhos de urgência e escassez.

É hora de praticar!


Chegou o momento do seu e-commerce usar essas estratégias para alavancar as vendas na Black Friday! Aproveite as dicas e as adapte para a realidade da sua empresa. Desejamos uma ótima BF!

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Fale Conosco
×