Fale conosco

Já pensou como facilitaria tudo se você pudesse entender características e detalhes sobre o comportamento do seu público alvo? A boa notícia é que você pode!

Nesse post, te ensinaremos não apenas a entender o comportamento de seu possível cliente, mas também a descobrir como ele encontrou seu site, o que ele consome, em qual região do país está, o ticket médio de sua compra…

Em se tratando de Black Friday, cada um desses dados se torna mais relevante ainda, já que serão informações valiosas para guiar as promoções que você deve criar (com base no que seu público mais gosta de seus produtos), em quais páginas elas devem aparecer (com base na jornada de compra) e também te ajudará a monitorar, durante a campanha, o que está ou não funcionando.

O Google Analytics é uma ferramenta oferecida gratuitamente pelo próprio Google que está integrada ao seu site para coletar e processar dados, gerando diversos tipos de dimensões e métricas parâmetros para compreensão de seu negócio, implementação de melhorias e elaboração de campanhas de vendas, como o caso da BF.

O Analista de Tráfego da The Digital Eden Eros Queiroz  nos ensinou 5 dos dados mais importantes e como coletá-los dentro do Analytics.

1.    IDENTIFICAR O CANAL DE TRÁFEGO MAIS PROMISSOR

Essa primeira ferramenta te permite entender desde onde o visitante chega até o seu site. Seja por campanhas pagas, por buscas orgânicas, redes sociais ou como seja, é de extrema importância saber onde o seu potencial cliente tem te encontrado e, consequentemente, entender quais as situações que o levam a acessar o seu site.

Só é possível elaborar um plano de conversão se, antes, você souber qual a melhor maneira de trazer o consumidor até você.

2.    REGIÕES, PERFIL SOCIODEMOGRÁFICO, DISPOSITIVOS UTILIZADOS

Conhecer seu público e definir sua persona te ajuda a direcionar sua comunicação de forma mais eficiente. O Analytics te fornece dados extremamente importantes nesse processo, como as regiões (país, estado, cidade) onde o seu público se encontra, perfil sociodemográfico que mais acessa e mais converte em seu site, além de informar através de quais dispositivos a maioria das compras vem sendo realizadas.

O conhecimento dessas informações, além de te dar maior clareza acerca de seu público, te permite ter embasamento para as estratégias mais eficientes, seja de tráfego pago ou de busca de engajamento orgânico.

3.    PÁGINAS, CATEGORIAS E PRODUTOS ACESSADOS, TEMPO NO SITE

Os dados que apontam o comportamento de seu cliente dentro de seu site estão dentre os mais importantes! Saber quais as páginas mais acessadas, as categorias e produtos mais colocados no carrinho, o tempo em cada ação dentro do site te permitirá otimizar a experiência do usuário e direcionar a estrutura do seu site.

Chegar a conclusões sobre os seus produtos baseadas em fatos também é uma grande vantagem desses dados, já que é o comportamento do usuário que deve direcionar nossa produção, estoque ou mesmo precificação.

4.    NÚMERO DE PEDIDOS, PRODUTOS VENDIDOS, TICKET MÉDIO, ROAS…

Este é outro ponto que te permite entender a relação que o cliente tem com sua marca, com seus produtos e em quais as características de compra ele apresenta.

As informações de Ticket médio e número de pedidos te permitem estar em constante análise da estratégia para posicionamento da marca no mercado e do desenvolvimento de seu plano de negócio.

Saber o ROAS também te dará um direcionamento concreto acerca do quanto deve ser investido em campanhas de tráfego, novas fotos, e demais ações para cada produto, com base no retorno alcançado.

5.    JORNADA DE COMPRA

Entender a jornada de compra de seu cliente também te permitirá direcionar as estratégias de anúncios pagos, remarketing, envio de e-mail marketing ou o que for necessário para levar seu lead através do funil de vendas, chegando, finalmente, à conversão.

USANDO ESSES DADOS PARA O SUCESSO DA SUA BLACK FRIDAY

Ter uma Black Friday de sucesso depende de vários fatores em conjunto, mas certamente ter um site bem estruturado, com boa experiência de navegação e que suporte a alta demanda é um dos principais. Esse é o básico do básico para que a venda aconteça.

Use os dados coletados através de seu Analytics para entender como preparar o seu site para não apenas suportar a campanha, mas também facilitar o processo e a jornada natural de compra de seu cliente.

A nível estrutural, você poderá usar todos esses dados para identificar produtos de maior interesse, podendo incluir em sua estratégia a oferta de promoções reais e relevantes.

A nível operacional, facilitar o processo de compra e pagamento e ter uma equipe preparada para resolver imprevistos também te poupará de muita dor de cabeça….

Acredite se quiser, mas alguns desses pontos mencionados costumam ser organizados intuitivamente pelos gestores. Agora que você sabe onde encontrar os dados necessários para conclusões mais concretas e próximas da realidade, nada de dar bobeira!

Como diria uma sabedoria popular: resultados não mentem! Aproveite cada detalhe que você puder extrair dessa ferramenta extraordinária para fazer a melhor Black Friday de todos os tempos.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Fale Conosco
×