Fale conosco

Com a popularização do marketing digital nos últimos anos, muito se tem comentado sobre como é importante gerar tráfego no site de um negócio para aumentar as vendas…Mas, pouco se explica sobre o porquê disto, ou quando se explica é de uma forma rebuscada e cheia de termos técnicos. 

Pois bem, aqui na The Digital Eden o papo é reto e sem “enfeites”, por isso, vamos te explicar o motivo de forma simples e direta e te dar umas dicas de lambujo, para você otimizar o tráfego no site de seu negócio, e consequentemente gerar mais leads (conversões) e vendas.

Primeiramente, vale ressaltar a relação entre tráfego X conversões. As conversões dependem do tráfego, mas o tráfego não depende destas, devido a sequência lógica de ações do usuário. Resumindo: pode haver tráfego sem conversões, mas não pode haver conversões sem tráfego, ou seja, sem conversões o seu tráfego não tem utilidade. Por isso, já desmistificamos uma coisa, não adianta ter um alto volume de tráfego, se esse não for de qualidade.

Então já vamos corrigir o título deste próprio texto, a importância do tráfego de qualidade no seu site para vendas e dicas para aumentá-lo… melhor agora! Realize uma boa segmentação do seu público das campanhas de tráfego, pois aqui queremos qualidade sob quantidade (é preferível ter 3 leads com 2 comprando do que 100 com apenas 1 comprando, exagero proposital para mais didática, mas creio que deu para entender o exemplo.) Quanto a essa questão da campanha, há vários detalhes que podem ser comentados, mas vamos deixar isso para nos aprofundar em um outro texto.

Outro fator interessante dentro do tráfego é o aumento do reconhecimento e exposição de sua marca ou produto. Já falamos essa frase em outro artigo aqui do blog, mas volto a repetir : “quem não é visto não é lembrado!”, não tem escapatória, o tráfego é necessário para construir uma reputação e “nome” para sua marca. Um site com bastante acessos e bem posicionado em SEO irá gerar credibilidade, e consequentemente uma reputação e confiança entre os consumidores, algo crucial para expansões e estratégias de marketing.

Ainda há mais alguns fatores que poderíamos citar, mas para não nos estender demais, vamos para a cereja do bolo, as dicas simples, mas funcionais que temos para vocês:

A primeira é até meio óbvia, mas muita gente se esquece: utilize SEO em seus textos!

Otimize seus textos e adapte-os após um estudo de palavras-chave para serem encontrados com mais facilidade pelo motor de busca do Google (ou de quaisquer outros buscadores). Escolha suas palavras-chave ideais e “espalhe-as” pelo site de forma estratégica e atraente. 

Outra dica simples mas que traz resultados, é: nomeie os arquivos de suas imagens separando as palavras por traços! Isso vai fazer com que sejam lidas pelo Google, sendo um elemento a mais em SEO ao invés de meros elementos visuais.

Além disso, otimize sua URL inserindo palavras-chave, também separadas por traços. 

Consiga backlinks para seu site! para quem não sabe, os backlinks são links externos que seu blog recebe de outros domínios espalhados pela internet, ou seja, outros sites citando o seu. Isso dá autoridade para a página e te ajuda a ganhar posições em SEO. 

Mas como fazer para conseguir esses backlinks? em teoria é simples, basta gerar conteúdos de qualidade, que de fato agreguem e interagir com essas outras páginas, por meio de comentários, divulgação de editoriais e etc. 

Não negligencie a presença nas redes sociais! embora as redes sociais não sejam a estratégia mais importante para gerar tráfego por via de regra, é importante ter suas páginas da empresa, pois essas tem alta popularidade e geram credibilidade e alta interação com a marca.

o email-marketing também pode ser uma boa pedida, desde que utilizado com equilíbrio, sem “poluir” a caixa de entrada dos clientes, o que só gera efeitos negativos. Mas quando bem pensado e com um bom copy, pode sim gerar mais tráfego e um segundo fechamento com clientes, basta saber usar a ferramenta com sabedoria.

E por último, certifique-se de que seu site esteja responsivo e a experiência do usuário agradável: não adianta de nada você utilizar todas as estratégias citadas acima se no tangente à programação o seu site não está rápido ou intuitivo. Com isso em mente, coloque arquivos leves, elabore uma boa estrutura e otimize o acesso aos mais diversos tipos de dispositivos, para assim ter uma baixa taxa de rejeição.

Bom, esperamos que essas dicas tenham te ajudado! Fiquem ligados no nosso blog que nesse ano de 2020 vai ter muito conteúdo de qualidade saindo do forno! Abraços e até a próxima.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Fala Conosco
× Como podemos te ajudar?